Confiança. Bastam alguns segundos para perder e uma vida inteira para recuperar.

Hoje, na economia digital, a privacidade e a segurança dos dados figuram como grandes preocupações para as empresas. Só nos últimos seis meses, vimos fornecedores de soluções de proteção de dados na mídia por vazamento de dados, um em setembro e outro em janeiro. Se você não pode mais confiar nem no fornecedor de proteção de dados, em que vai confiar?

Ao que parece, ninguém está imune à violação dos dados.

Sabemos que todos os tipos de empresa, independente do setor, estão sujeitas a deslizes. A privacidade dos dados é uma preocupação cada vez maior e não é só por causa da LGPD ou do ransomware, mas também dos provedores de proteção de dados. Está ficando cada vez mais difícil garantir a segurança e proteção dos dados. Na verdade, 64% dos tomadores de decisão de TI no mundo concordam que não ficou nada fácil proteger os dados essenciais para os negócios nos últimos cinco anos.

O público em geral também está cada vez mais atento à segurança dos dados e se afasta das empresas nas quais não confia que protejam suas informações. Pense, por exemplo, na Equifax e no Facebook. Nesse caso, qualquer perda de dados dos clientes causaria danos irreparáveis à reputação e à receita da empresa.

Adote uma abordagem proativa em relação à continuidade dos negócios e recuperação de desastres.

O que você pode fazer para não aparecer na próxima manchete sobre vazamento de dados? Eis aqui algumas dicas:

  • Garanta que sua empresa tenha um plano abrangente de continuidade dos negócios e recuperação de desastres.
    Pesquisamos profissionais de TI em todo o mundo e descobrimos que mais da metade deles não tem um plano de continuidade dos negócios e recuperação de desastres em vigor e que, entre os que que têm um, menos de 15% confia na sua capacidade de recuperação. Você precisa de ajuda para montar ou melhorar seu plano de continuidade dos negócios e recuperação de desastres? Então, leia nosso ebook, How to Build a Disaster Recovery Plan, para saber o passo a passo de como montar um bom plano de recuperação de desastres.
  • Teste seu plano de recuperação de desastres. Várias vezes.
    O seu plano de recuperação de desastres engloba possíveis ataques de ransomware, problemas de hardware e desastres naturais ou você ser pego de surpresa? Se a sua resposta não for um sonoro: “Estamos preparados para tudo!”, aconselhamos que invista mais tempo e recursos em testes de recuperação de desastres.
  • Saiba o que fazer antes e depois de um ataque de ransomware.
    Estima-se que o número de ataques cibernéticos aumentará muito, com uma frequência de um ataque a cada 14 segundos, até o final de 20191. Baixe o documento Ransomware Prevention Checklist para saber como se prevenir melhor contra ataques de ransomware e o que fazer logo depois de um ataque.
  • Converse com um provedor de soluções de proteção de dados no qual você confia para saber quais são os requisitos de conformidade.
    Além de multas astronômicas em dinheiro de regulamentações como a LGPD, os danos à reputação da empresa são devastadores. Conte com um provedor de soluções de proteção de dados que leva a conformidade com as regulamentações tão a sério quanto você e que ofereça uma tecnologia que atenda a esses requisitos e recursos específicos para cumprir as devidas legislações locais e mundiais.

Proteção de dados que você pode confiar.

Você pode achar que as manchetes recentes sobre vazamento de dados de provedores de soluções de proteção de dados nos deixaram apavorados, mas não. Na Arcserve, confiamos na nossa experiência e habilidade para proteger ativos digitais de valor inestimável para os nossos clientes. Como o nome em proteção de dados mais experiente do mundo, com um histórico de mais de 35 anos, oferecemos tranquilidade quando o assunto é sua necessidade de continuidade dos negócios e recuperação de desastres, e soluções nas quais você pode confiar para manter sua empresa bem longe das manchetes.

1. https://cybersecurityventures.com/ransomware-damage-report-2017-part-2/

EXPLORE